porto_de_sines_linhaferrea_de_acesso_txxi_2.jpg

A Infraestruturas de Portugal fez publicar em Diário da República, no passado dia 30 de Abril, o concurso público para a contratação da empreitada “Modernização da ligação ferroviária entre Sines e a Linha do Sul 2.ª Fase. Troço Ermidas Sado – Grândola Norte”.

A empreitada tem um preço base de concurso de 6 milhões de euros e um prazo de execução previsto de 420 dias e é promovida no âmbito do programa de modernização da Rede Ferroviária Nacional Ferrovia2020.

Uma intervenção de reforço da capacidade e das condições de segurança e exploração da infra-estrutura ferroviária envolvendo, entre outros, os seguintes trabalhos:

A obra irá dar continuidade aos investimentos da “Empreitada geral de modernização da ligação ferroviária entre o Porto de Sines e a Linha do Sul”, já lançados.

“Esta obra é promovida no âmbito do projecto de criação do Corredor Internacional Sul que visa reforçar a conexão ferroviária dos portos e das zonas industriais e urbanas localizadas no sul de Portugal, quer a Espanha, quer ao resto da Europa.

As Linhas de Sines e do Sul inserem-se no trajecto mais curto entre o Porto de Sines e Madrid. Os projectos a realizar visam dotar estas vias de características que promovam o aumento de capacidade e a interoperabilidade, aumentando a eficiência e a competitividade do transporte ferroviário de mercadorias”, informa a Infraestruturas de Portugal em comunicado.