cmsc assina contrato programa com atletasA 5 de dezembro, a sala de sessões da sede do Município de Santiago do Cacém acolheu a celebração de dois contratos-programa entre o Município e os atletas Flávio Pacheco e Bruno Rosa, atletas de Paraciclismo e BTT, respetivamente.

O Presidente da Câmara Municipal de Santiago do Cacém, Álvaro Beijinha – que esteve acompanhado na cerimónia pelo Vereador do Desporto, Norberto Barradas – destacou, em declarações divulgadas pela autarquia, o facto de este contrato ser “o reconhecimento de todo um trabalho que eles têm vindo a desenvolver com resultados a nível nacional e internacional muito positivos. A Câmara estabeleceu o contrato-programa que permite, do ponto de vista legal, dar apoio a estes atletas de alta competição que engradecem o nome do Município e o levam aos pódios das duas modalidades: Ciclismo Adaptado e BTT.”

Os contratos ascendem o valor global de mil e quinhentos euros e permitem a esta autarquia apoiar os atletas na sua participação em provas e nos custos com deslocações e alojamentos. “É um incentivo financeiro para minimizar essas despesas uma vez que falamos de atletas amadores”, acrescenta o Presidente, Álvaro Beijinha.

Flávio Pacheco, atleta de Ciclismo Adaptado, de Ermidas-Sado, regozija-se com a assinatura do contrato: “é muito importante porque conseguimos levar o nome do Município a nível nacional e internacional. É também uma maneira de dar a conhecer a modalidade do paraciclismo para se conseguir mais apoios. É muito complicado fazer face às despesas de manutenção da bicicleta e de viagens”.

Flávio Pacheco está em preparação para as competições de 2017, pois vai participar, em março, no meio-fundo em Palmela e, na semana seguinte, segue para Abu Dhabi para mais uma prova internacional. A partir de 2018, os pontos alcançados começam a contar para o ranking mundial da União Ciclística Internacional (UCI) para conquistar uma posição que permita a Flávio Pacheco ir aos Jogos Paraolímpicos de Tóquio. Em 2016, recorde-se que o atleta foi pré-selecionado para os Jogos do Brasil. “Vou dar o máximo possível para ir aos Jogos de Tóquio”, diz Flávio Pacheco confiante.

Já Bruno Rosa, com provas dadas no BTT, refere que o contrato-programa estabelecido “é um reconhecimento, por parte do município, dos atletas individuais que estão com algum destaque a nível nacional e internacional e é mais um motivo para nós continuarmos com outra perspetiva”.

Bruno Rosa inicia a época desportiva com provas internacionais da UCI no mês de fevereiro, em Lançarote, seguem-se o Titan Desert MTB, no deserto do Sahara em Marrocos; a prova da Taça de Portugal e o Campeonato da Europa de Ultramaratona.

O espírito de sacrifício e a paixão pelo desporto e as suas modalidades são comuns aos dois atletas, que referem “ter de pôr muitas coisas de lado, os amigos, por vezes a família, conciliar o trabalho com os treinos. Tem de haver muita paixão e compreensão para se conseguir estes resultados”.

Álvaro Beijinha admite, para o futuro próximo, alargar os contratos-programa a outros atletas: “existem outros atletas no Município, noutras modalidades, e admitimos vir a alargar este tipo de contrato a esses atletas desde que cumpram as premissas estabelecidas que são: serem atletas com resultados nacionais e internacionais, amadores e que levem consigo o nome do Município de Santiago do Cacém”.

Fonte: CMSC

Blocos Informativos



  • Noticiário das 19:00 do dia 21 dez 2016


  • Noticiário das 19:00 do dia 20 dez 2016


  • Noticiário das 19:00 do dia 19 dez 2016


  • Noticiário das 19:00 do dia 18 dez 2016


  • Noticiário das 19:00 do dia 17 dez 2016

Tempo em Grândola

Cannot get Grândola location id in module mod_sp_weather. Please also make sure that you have inserted city name.

Faça publicidade na RCG

JSN Megazine template designed by JoomlaShine.com